quinta-feira, 3 de novembro de 2005

Socializando cultura e conhecimento

Por Leonardo André
.
As pessoas que produzem cultura e conhecimento, produzem acima de tudo valores. Valores culturais, importantíssimos para a formação das pessoas. Com trabalho intelectual estimulam emoções e dessa forma ajudam a enriquecer o espírito humano e abrir novas portas para a consciência individual e perspectivas para a vida.
.
Porém, ahhh porém..., como sabemos, ultimamente tudo que cria algum interesse às pessoas, em conseqüência cria algum interesse financeiro. Em outras palavras, nossa sociedade transforma qualquer coisa que produz em mercadoria. A cultura e o conhecimento não fogem à essa regra. E então surge o dilema: de um lado o criador, que pode ganhar dinheiro com sua obra; de outro o cidadão que tem direito à cultura e ao conhecimento. E além deles ainda existem os intermediários: as editoras e gravadoras sedentas por lucro. A saída pra quem não tem grana tem sido a pirataria, e isso é crime (apesar de que negar cultura e conhecimento não...).
.
Uma saída pra essa situação é o copyleft e alguns projetos como o Creative Commons, que cria instrumentos para autores disponibilizarem suas obras para determinados usos. Iniciativa interessante para quem não está interessado somente em enriquecer, limitando suas obras apenas àqueles que podem pagar por elas.

Procure se informar sobre o assunto:

http://www.link.estadao.com.br/index.cfm?id_conteudo=5401
http://www.creativecommons.org/licenses/by/2.0/br
***

Nenhum comentário: