quarta-feira, 21 de novembro de 2007

A dinâmica social no Vão das Almas

Feriado em São Paulo é sempre bom: nada de trânsito, condução tranqüila... Bom para passear pela cidade, visitar parques, museus e tantos outros lugares.
Nesta sexta-feira estive na Pinacoteca, no bairro da Luz, centro de São Paulo. Dentre as inúmeras atrações deste espaço de arte, uma me chamou mais a atenção. Trata-se da exposição fotográfica Vão das Almas, do carioca Renan Cepeda.


Vão das Almas é uma comunidade Calunga, remanescente dos quilombos, situada no norte de Goiás. Seus habitantes vivem no modo de subsistência, e ao observar as fotos de construções de pau-a-pique ou palha, e as personagens anônimas, moradores da comunidade, notamos quão forte é a dinâmica social, e como idéias, costumes e tecnologias atravessam todos os ambientes, até os quais, aparentemente, tomamos como intocados.

Uma das fotos, mostra uma casa de palha, com uma placa de madeira onde está escrito: Assembléia de Deus. Outras, mostram jovens da comunidade de óculos escuros, camisetas e bermudas com inscrições, em inglês, referentes a prática do surf [mesmo estando muito distantes da costa], e até mesmo um dos jovens com um i-Pod. Ao mesmo tempo, vemos senhoras com lenços amarrados à cabeça: um antigo costume das mulheres da região. Todos com marcas de uma vida dura, que mesmo o sorriso dos mais jovens não conseguem disfarçar.


Outra fotografia merece destaque, trata-se de uma menina adolescente, mas com aparência de adulta, única mulher de uma família de vários homens, pela qual é responsável pela limpeza da casa, das roupas e da comida de todos os moradores. Ao final do parágrafo escrito pelo fotógrafo, uma pergunta e uma resposta: “se a menina é tratada com carinho pelo avô e tios? Não, não é.”

A seqüência de fotos nos propõe a reflexão sobre a ação do Homem, em todos os sentidos: os costumes, os valores, as crenças, a relação com a natureza, com as pessoas que estão em volta, com a tecnologia. Contribui para isso, as belas fotos de Cepeda, que trabalha de modo excelente com a luminosidade, dando uma dupla sensação para quem vê seu trabalho: ao mesmo tempo em que as fortes cores ressaltam as figuras e/ou personagens, dão também uma aparência fantasmagórica, misturando a realidade da situação retratada com a surpresa da visão de uma dinâmica torta, deformada, quase irreal.


Vale a pena conferir!

____________________________________

Algumas fotos da série Vão das Almas [e outras] você encontra no imã foto galeria [aqui]

A página de Renan Cepeda é: http://www.renancepeda.com/

Infelizmente, a Pinacoteca do Estado de São Paulo não tem um site, e por isso fica difícil saber das exposições que acontecem em seus dois prédios no bairro da Luz. O endereço principal é Praça da Luz, 2 - Jardim da Luz. Tel. 11 3229-9844

Nenhum comentário: