quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Respeitável público, com vocês: as Eleições 2010!

 Leonardo André

Sabe quantos debates eu assisti nas Eleições 2010? Uns 5 minutos entre todos os debates para Presidente e uns 4 minutos para Governador. Não tenho paciência com esses bate bocas intermináveis. O Programa Eleitoral Gratuito, esse, eu assisti com mais freqüência, uns dois ‘episódios’. E assisti pra dar risada, afinal é uma palhaçada.

A verdade é que essas campanhas fazem-me sentir a tal vergonha alheia. Os cargos mais importantes, para deputados estaduais e federais, são os que mais achincalham o bom senso. Como é possível essas pessoas, responsáveis por patrulhar e executar o Poder, terem apenas alguns segundos para apresentar seus projetos e ainda se sujeitarem a inserções pitorescas no Rádio e na TV? Só podia dar em Tiririca mesmo. Seja qual for o motivo que leva um eleitor a votar num candidato como o Tiririca, o fato é que a ignorância política brasileira está bem representada. Parabéns povo brasileiro!

Sinceramente, se for pra ver baixaria na TV já temos o Datena, o Ratinho... Senhores e senhoras fazendo troça ou trocando impropérios frente à nação me humilha como cidadão.

Bom, segundo turno, e agora sobraram apenas dois presidenciáveis dos quais apenas um leva o prêmio no próximo domingo. Vai ganhar pelo menos quatro anos usufruindo do cargo mais cobiçado do Brasil. Domingo definiremos o(a) dono(a) da bola, e o(a) dono(a) do time. Amigos do Serra de um lado; amigos da Dilma do outro. Quem vai formar a panela dessa vez? Quem serão os Donos do Poder? Quem?

Você decide...

O foda é ter que escolher entre esses dois depois dessa vergonhosa corrida presidencial. O foda é ter que escolher entre duas equipes de Marketing. O foda é ter que escolher entre dois atores.

Eu nunca imaginei um dia assistir a cena da bolinha de papel, senão nas Videocassetadas do Faustão. Que bizarro! Um senhor, candidato a Presidente de um país com quase 200 milhões de seres humanos, sujeito de semblante sério, que a todo momento tenta passar a imagem de homem importante AGINDO QUE NEM MOLEQUE!? MOLEQUE! Que porra é essa!?

Chegamos ao fundo do poço. E fundo do poço significa ter pouca esperança na melhora da Educação, da Saúde, do Transporte, do Salário, da Distribuição de Renda, da Moradia, do Desenvolvimento Humano. Sem contar a violência que não para de aumentar nesse país.

Se os candidatos aos mais importantes cargos públicos não sentem a menor vergonha do papelão que vem fazendo nessa campanha chinfrim; Se essas pessoas não se importam em dar exemplos de civilidade, o que esperar do restante da nação? A consequência desse circo estamos vendo: intolerância! Na internet circulam inumeráveis exemplos de atitudes preconceituosas e violentas.

Sobre a cobertura da Grande Mídia prefiro nem falar nada. Esses panfletários do caralho! Querem a renda da venda de seus jornais e fazer parte da panela e nada mais. São o quarto poder mesmo, por isso estão apodrecidos como os outros três.

Não sou político, nem cientista político. Sou um eleitor, um cidadão brasileiro. E essa é a mera opinião de uma pessoa comum da periferia. Distante do Poder, essa é a visão que eu tenho. E a culpa não é minha; a culpa é deles próprios que se apresentam dessa forma à plateia.

Sou mais um desiludido com nosso sistema político.

E ainda sou OBRIGADO a votar.


***

Nenhum comentário: