quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Financiamento de projetos nas redes sociais

por Julio Canuto


CROWDFUNDING

O link veio ontem pelo facebook, através de Projetos Sociais em Rede. Gostei! Um vídeo intitulado "Cidades para Pessoas", com a questão: como tornar uma cidade melhor para seus habitantes? Junto a questão, uma proposta e um pedido de financiamento. Quem apóia a idéia pode contribuir com valores a partir de R$20,00, via internet. Se não for atingido o valor suficiente, você recebe o dinheiro de volta.

Isto é crowdfunding, uma nova forma de captar recursos através das redes sociais. Um site reúne a apresentação dos projetos que precisam de financiamento, os quais ficam no ar por um determinado período. Em vez de um grande investidor, uma multidão de pequenos investidores financiam o projeto.

Conforme matéria da Folha de S.Paulo, de 20/12/2010, "já existem mais de 175 plataformas no mundo em que é possível doar recursos ou hospedar projetos." O Kickstarter (o mais conhecido), criado em 2009, já arrecadou recursos para 4.000 projetos, com US$ 25 milhões (R$ 42,7 milhões) financiados por mais de 300 mil pessoas.

NO BRASIL


No Brasil, o Catarse é a primeira plataforma de financiamento colaborativo de projetos criativos: http://catarse.me/. Atualmente há seis projetos na plataforma, acesse e conheça as idéias. Da plataforma, destaco dois projetos.

Cidades para Pessoas

O projeto citado no início da postagem, pelo qual me interessei, é da jornalista Natália Garcia, e tem por objetivo

viajar por 12 cidades do mundo durante um ano para tentar responder a essa pergunta. A ideia é passar um mês morando em cada uma das cidades, que foram selecionadas por terem tido projetos de planejamento urbano com o objetivo de deixá-las melhores para as pessoas (não para os carros, nem para as empresas imobiliárias) colocados em prática. As reportagens produzidas terão como meta mostrar o que, nessas empreitadas, deu certo (e o que não deu), como foram os processos de implementação desses projetos e como eles impactaram a vida das pessoas que moram lá. Mais do que um projeto sobre cidades “incríveis”, este é um projeto sobre cidades “possíveis” (Cidades para pessoas. CATARSE).
Para conhecer melhor o projeto, assita o vídeo abaixo ou acesse o blog: http://www.cidadesparapessoas.wordpress.com/.
Se gostou da idéia, ENTRE NO CATARSE PARA FINANCIAR:
http://catarse.me/projects/36-cidades-para-pessoas
.

São Paulo Polifônica

Foi navegando pelo Catarse que eu encontrei outra idéia bastante interessante, de Cecília Cussioli e Letícia Arcoverde.

São Paulo Polifônica é uma reportagem multimídia colaborativa sobre os sons, ruídos e vozes da cidade de São Paulo. Queremos construir um mapa sonoro da maior metrópole da América Latina, junto com quem vive e circula nela (São Paulo Polifõnica. CATARSE).
Para conhecer melhor o projeto, assita o vídeo abaixo ou acesse http://www.spolifonica.com/.
Se gostou da idéia, ENTRE NO CATARSE PARA FINANCIAR:
http://catarse.me/projects/73-sao-paulo-polifonica
.

São Paulo Polifônica from SPolifonica on Vimeo.

Um comentário:

rvertulo disse...

Para quem tiver interesse, visitem também o site brasileiro de CrowdFunding WacaWaca: http://www.wacawaca.com.br

Abraços