sexta-feira, 13 de maio de 2011

São Paulo sob achaque

Quando você ouvir que a corrupção está no DNA do Brasil, saiba que isso é a mais pura verdade.

por Leonardo André




Esses dias assisti aquele filme com a Andréa Beltrão, Salve Geral. Contando com a presença de alguns globais a película mais parece um episódio qualquer da novela das 19h. Uma história fraquinha fraquinha relatando os episódios dos ataques realizados por uma facção criminosa que atua nos... ah, ora essa, realizada pelo PCC, contra prédios e servidores da SSP/SP (sinistro esse ‘SS’ na sigla da Secretaria de Segurança Pública, hã).

Apesar de ser uma bosta, o filme serve para ilustrar, em partes, o que se passou em maio de 2006, dias em que São Paulo parou. Mostra o nível da ignorância do Estado em relação a organização dos encarcerados e o desespero do secretário de segurança de São Paulo, se borrando todo, levado a negociar diretamente com as lideranças do partido.

É claro que os verdadeiros motivos da rebelião maciça foram deixados de lado pela produção do filme. Coincidentemente, tive contato, também essa semana, com um relatório que demonstra as ligações entre os ataques do PCC e a corrupção policial.

Em evento realizado em São Paulo no dia 9 de maio de 2011, a Justiça Global e a Clínica Internacional de Direitos Humanos da Faculdade de Direito de Harvard lançaram oficialmente o relatório São Paulo sob Achaque: Corrupção, Crime Organizado e Violência Institucional em Maio de 2006, que desvenda esquemas de corrupção que, à época, resultaram nos ataques do PCC e nos homicídios cometidos por policiais em serviço e grupos de extermínio.

O relatório diz ainda que NADA tem sido feito para evitar novos episódios e que tudo continua na mesma. Pode acontecer tudo de novo.

E o pior, a corrupção é tão banalizada nesse país que nada se escuta por aí sobre o assunto.

Não posso nem dizer que fico indignado com o que li. A fase no momento é de total desilusão. Desilusão com a sociedade, com as instituições, com o ser humano...

Crise existencial à parte, leia o relatório e tire suas próprias conclusões (clique no título abaixo):




 

____________________

Em tempo:

Lembro muito bem de um conhecido certa vez dizer:

– Estou pensando em prestar concurso pra Polícia Civil. Se eu conseguir entrar, estou feito! – Segundo ele, “só o que a gente tira por fora é muito mais do que o salário”.


***

Nenhum comentário: